Como tornar a sua escola mais inclusiva

 

Uma escola inclusiva é capaz de compreender a individualidade do aluno
Foto: Pixabay

Diante do aumento das expectativas, os estudantes procuram diferentes fontes para aprender e explorar. Nos últimos anos, temos assistido a um aumento do interesse no ensino de estilos de vida inteligentes e saudáveis.

Também assistimos a um aumento na utilização de plataformas digitais de aprendizagem, tais como computadores portáteis, tablets, e smartphones para acelerar a aprendizagem e a exploração. 

O modelo escolar mais inclusivo é uma nova forma de oferecer aos estudantes uma educação mais diversificada, mantendo ao mesmo tempo a privacidade desses alunos.

Este artigo destacará três formas de tornar uma escola mais inclusiva ao fazer mudanças por si própria ou através dos seus parceiros. Continue a ler para verá tudo o que precisa de saber.

 

1- Criar uma cultura de inclusão

Uma das formas mais importantes de se tornar mais inclusivo é criando uma cultura de inclusão. Isto significa ter políticas e normas que cobrem uma vasta gama de tópicos mas que respeitem os diferentes estilos de vida de todos os estudantes.

Por exemplo, se ensinar história, deverá ter uma política  que abranja os elementos de elaboração de relatórios e realização de investigação, deverá também ter uma filosofia de educação que abranja muitas das questões destacadas neste artigo.

 

2- Investigação da diversidade

Uma forma importante de se tornar mais inclusiva é proporcionando aos estudantes formações mais diversificadas. Quanto mais diversificada for uma escola, maior é a probabilidade de oferecer diferentes culturas. 

É também possível criar uma cultura escolar onde todos são tratados como se tivessem algo para oferecer. Desta forma, cada criança se sentirá acolhida.

 

3- Encorajando a atividade física para a saúde mental e física

A atividade física é uma das melhores formas de promover a saúde mental e física. Pode também ser uma das melhores formas de promover a socialização.

Se conseguir que os seus alunos participem em alguma atividade física, será mais provável que eles se mantenham ativos depois do período de estudos.

 

Embora muitas pessoas hoje em dia percebam que deveriam ser mais diversificadas racialmente e etnicamente, isto não significa que todas as culturas ou pessoas de diferentes origens se sintam acolhidas ou capazes de aprender. 

De fato, ter um clima escolar diversificado pode ajudar os estudantes a se sentirem mais confiantes e seguros no que são como pessoas. Podem também se sentir mais preparados para enfrentar desafios. 

A diversidade não é apenas uma forma de abrir portas e ter interações mais amigáveis; trata-se também de construir uma cultura de inclusão onde todos são valorizados pelo que são e pelo que têm para oferecer. 

Compreender como e porquê a sua escola está  é a chave para torná-la mais inclusiva.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem