Como serão as escolas cívico-militares?

escolas militares
Alunos de escolas cívico-militares serão monitorados - Foto: Pixabay


O estado do Paraná terá a partir do próximo ano 2016 escolas cívico-militares.

O novo modelo de estabelecimento traz consigo diferenças com relação às escolas convencionais.

A equipe diretiva contará com dois diretores, sendo um pedagógico (cargo que será ocupado por um civil) e outro que será um militar da reserva que ficará responsável pela disciplina e hierarquia. A escolha dos dois diretores ficará por conta da Secretaria de Educação.

A rotina dos estudantes também sofre mudanças. O governo fornecerá o uniforme escolar que será composto por por uma camisa farda na cor azul contendo o nome do aluno e uma calça azul escuro. Será opcional o uso de uma boina azul. Militares farão monitoramento nas escolas.

Será inserido no horário um tempo a mais que será a sexta aula. Nela haverá reforço das aulas de Português e Matemática. Farão parte dessa aula também o estudo da Constituição Federal e bases de direito e cidadania.


Consulta pública

A votação para aprovação do novo modelo de escolas começou na terça-feira (27) e vai até sexta-feira (30). 

Segundo reportagem da Folha de São Paulo 75% da comunidade que participou da votação foram favoráveis à implantação.

As opiniões são divergentes com relação à mudança. A APP Sindicato pediu a suspensão da consulta pública. 


Fonte: G1/Folha de São Paulo

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem