Qual o peso maior? Filosofia, Sociologia e Arte ou Educação Financeira

Ensino Médio no Paraná terá menos aulas de Filosofia, Sociologia e Arte - Foto: Pixabay

A disciplina de Filosofia desenvolve nos estudantes a capacidade de pensar de maneira crítica e tomar posição diante dos fatos. Através do pensamento crítico é possível exercer e cobrar direitos. Principalmente para os estudantes do Ensino Médio o ensino de Filosofia possibilita um aprendizado de como analisar e refletir sobre os acontecimentos do mundo e as atitudes humanas.

A Sociologia por sua vez, estuda as relações humanas na sociedade. Por meio dessa disciplina o aluno adquiri conhecimentos  e é capaz de entender a maneira como funciona a sociedade  e até criar meios para interferir no desenvolvimento social.

Em 2006 o Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou a obrigatoriedade de Filosofia e Sociologia na matriz curricular do Ensino Médio, tendo em vista a importância do conteúdo dessas disciplinas para o aluno.

O ensino de arte vai muito além dos enfeites relacionados às datas comemorativas, das pinturas de um modo e outras atividades pertinentes à disciplina. Seu conteúdo promove o desenvolvimento da interpretação e da percepção. A arte está alidada à linguagem verbal, pois também oferece a possibilidade de expressão.

A matriz curricular do Ensino Médio paranaense terá carga horária menor nessas três disciplinas, a partir desse ano. Por outro lado terá  de Educação Financeira que tem como objetivo ensinar o uso consciente do dinheiro. 

Diante de tais mudanças uma pergunta vem à cabeça de quem está na área da educação. Como repor a defasagem dessas disciplinas e continuar formando cidadãos críticos? 

Fontes: Brasil Escola, Carta Capital, Mundo Educação (UOL), Época

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem