Saiba como fica o ENEM com o Novo Ensino Médio

Novo Ensino Médio provoca alterações no ENEM
Foto: Pixabay

A partir de 2024 as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), terão mudanças por conta do Novo Ensino Médio. No segundo dia de prova o aluno poderá escolher uma área de conhecimento. 

O Novo Ensino Médio foi criado pela Portaria 521 do Ministério da Educação (MEC). O novo modelo de ensino trouxe uma nova matriz curricular. Sendo assim,  as provas do ENEM precisam atender à nova grade.

O coordenador-geral de Ensino Médio (COGEM) do MEC, Fernando Wirthmann, em entrevista à Gazeta do Povo, disse que as mudanças devem ocorrer gradativamente já que a adesão ao Novo Ensino Médio em 2022 foi somente para a primeira série. Isso quer dizer que somente em 2024, o Novo Ensino Médio estará totalmente implantado.

Com as mudanças sofridas pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN), a carga horária por série passou de 800 para 1.000 horas. Outra novidade é que os itinerários formativos podem ser escolhidos de  acordo com a formação que o estudante pretende se dedicar em curso superior.

Com todas essas características o Novo Ensino Médio tende a ser integral. As escolas possuem autonomia para atribuir a carga horária anual de cada série. No entanto, precisam garantir uma formação básica de 1.800 horas e mais 1.200 horas para os itinerários formativos.

As provas do ENEM, como de costume, serão em dois dias. No primeiro dia o estudante fará a prova de formação básica, de acordo com as competências e habilidades da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Já no segundo dia ficam reservadas quatro opções para que o aluno escolha, de acordo com a área em que deseja se aprofundar. As áreas são as seguintes:

  • Linguagens; Matemática; 
  • Ciências da Natureza: 
  • Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.


Fonte: Gazeta do Povo







Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem