Ministério da educação será investigado

Foto: Ministério da Educação
Durante reunião realizada ontem (14), o ministro da educação Vélez Rodrígues e o ministro da justiça Sérgio Moro, assinaram documento que visa investigar possíveis corrupções ocorridas no ministério da educação em gestões anteriores. A medida é parte integrante do plano de ação dos 100 primeiros dias do governo de Jair Bolsonaro. O ministro da educação disse que a intenção é apurar todos os desvios que envolvam o MEC e suas autarquias. Estiveram presente na ocasião o ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, o Advogado-Geral da União, André Mendonça e o diretor geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo. Já se fala que essa investigação será a "Lava jato da educação".

Leia mais:

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem