Ministra Damares Alves acredita que ensino domiciliar será aprovado até novembro

Projeto de homeschooling segue para Comissão de Constituição e Justiça e para o Senado 
Foto: Pixabay
O projeto sobre educação domiciliar deve passar pela Comissão de Constituição e Justiça e pelo Senado, em breve. Segundo a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, o projeto deverá ser aprovado até o mês de novembro.
A pasta de Damares chegou a orientar  os conselhos tutelares a não registrarem os casos de homeschooling como abandono escolar. Por esse motivo a ministra sofreu mais com conflito com a procuradora federal dos Direitos do Cidadãos, Deborah Duprat, que chegou a pedir abertura de ação por improbidade administrativa contra ela.
Na opinião da ministra o homeschooling  é praticado em outros países com sucesso, e que o Brasil não tem como ficar de fora. 
Em entrevista à Gazeta do Povo, quando perguntada se ela se sente perseguida pela procuradora federal, Damares brinca dizendo que a procuradora deve ser torcedora do Fluminense e descobriu que ela é corintiana, ou que em outra encarnação ambas tenham sido inimigas.
Para os brasileiros fica a pergunta: se o ensino convencional já encontra tanta dificuldade para trabalhar de maneira eficaz, será que o ensino domiciliar terá sucesso?


Fonte: Gazeta do Povo

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem